Toque de recolher subliminar: uma ameaça real

14 de set de 2015

A cúpula da Segurança Pública da Bahia se reuniu no mês de julho em Jequié, comemorando avanços e falando de redução dos crimes violentos letais. O chefe da pasta estadual, Maurício Barbosa, chegou a exaltar o aumento do efetivo, aparelhamento e viaturas, além de elogiar a inteligência policial e os avanços na investigação. No rádio e em notas enviadas à imprensa, o comando da Polícia Militar frisa a redução da criminalidade, fala das operações, armas apreendidas. É aí que mora o perigo: enquanto os órgãos de segurança pública tentam convencer a sociedade de que está tudo bem, deveriam admitir “internamente” que perderam o controle, que precisam montar um novo padrão de investigações, apresentando resultados eficientes, até porque a palavra mostra, mas o exemplo arrasta. Do jeito que falam, parece até que está tudo bem. (Na Boca do Povo)

0 comentários:

Postar um comentário

Agradecemos imensamente seu comentário, pedimos que tenham cuidado com ofensas e críticas aleatórias, desde já agradecemos.

 
Início | Musa do Diário | Horário dos Ônibus | Contato
Copyright © Diário do Entroncamento
Design by Diario Publicidades | Tecnologia do Blogger *IMAGEM DO SMARTPHONE ILUSTRATIVA, MODELO E MARCA A DEFINIR.
    Facebook Google + YouTube