Morador de rua morre e cão permanece ao lado do corpo em SP

29 de abr de 2015

Uma cena comoveu moradores da região central de São Paulo na madrugada desta quarta-feira. Um morador de rua de 65 anos que vivia sob o viaduto Doutor Plínio de Queiroz, na avenida Nove de Julho, na Bela Vista, morreu de causas naturais e foi “velado” pelo seu cão, um vira-lata que não abandonou o corpo do dono por nenhum minuto. O morador de rua era conhecido apenas como Mauro e morava há cerca de 11 anos no local segundo vizinhos e tinha sempre a companhia do cachorro Faísca. O cão só saiu do lado corpo com a chegada do Instituto Médico Legal (IML). Segundo informações, uma moradora que conhecia Mauro se prontificou a tomar conta do cachorro.

0 comentários:

Postar um comentário

Agradecemos imensamente seu comentário, pedimos que tenham cuidado com ofensas e críticas aleatórias, desde já agradecemos.

 
Início | Musa do Diário | Horário dos Ônibus | Contato
Copyright © Diário do Entroncamento
Design by Diario Publicidades | Tecnologia do Blogger *IMAGEM DO SMARTPHONE ILUSTRATIVA, MODELO E MARCA A DEFINIR.
    Facebook Google + YouTube