Homem diz que matou mulher depois de piadas por falhar na hora do sexo

6 de ago de 2014
A vítima morreu estrangulada.
Um homem confessou ter assassinado uma mulher de 25 anos no interior de São Paulo. Segundo Leandro Ermida dos Santos, 31 anos, ele agiu depois de ser alvo de piadas por não ter conseguido manter uma relação sexual com a vítima. Segundo reportagem de Band, o corpo da mulher foi localizado no final de julho em uma estrada de Vargem. Michele Aparecida Siqueira tinha no corpo sinais de violência sexual e lesões no pescoço, possivelmente por conta de uma esganadura que teria causado sua morte. A polícia no entanto afirma que não houve estupro e que horas antes da morte a mulher bebeu e estava embriagada. Ela teria aceitado fazer um programa com Leandro, que foi preso e confessou que matou Michele estrangulada. O assassino disse que os dois brigaram depois que ele não conseguiu fazer sexo com Michele e ela fez zombaria com o fato. Leandro não gostou das piadas e atacou a mulher, jogando depois o corpo dela na estrada.
Site Binho Locutor

0 comentários:

Postar um comentário

Agradecemos imensamente seu comentário, pedimos que tenham cuidado com ofensas e críticas aleatórias, desde já agradecemos.

 
Início | Musa do Diário | Horário dos Ônibus | Contato
Copyright © Diário do Entroncamento
Design by Diario Publicidades | Tecnologia do Blogger *IMAGEM DO SMARTPHONE ILUSTRATIVA, MODELO E MARCA A DEFINIR.
    Facebook Google + YouTube