Vereadores devem manter rejeição das contas de Ademir na Câmara de Jaguaquara

1 de out de 2013
Pirôpo teria articulado a saída de seis edis em repúdio à Ademir
Sete dos 15 vereadores de Jaguaquara devem acatar, nos próximos dias, o parecer do Tribunal de Contas dos Municípios e manter a rejeição das contas do ex-prefeito Ademir Moreira (PMDB), relativas ao exercício financeiro de 2011. Os documentos, que estão prontos, já foram examinados pelos edis e deverão seguir para votação no plenário. A data do julgamento ainda não foi decidida pela mesa-diretora, mas há uma informação de que à Câmara divulgará data e horário da sessão em curto prazo. A expectativa do líder da minoria na Casa, Nildo Pirôpo (PT), é de que, além dele, mais seis vereadores mantenha a conclusão inicial do TCM, de rejeição das contas de Ademir. Pirôpo teria articulado a saída de seis parlamentares da sessão que recebeu a presença do ex-prefeito, na última quinta-feira (26), quando o ex-mandatário foi à Câmara prestar esclarecimentos sobre as acusações de irregularidades que recaem sobre ele. Na ocasião, conforme antecipado pelo Blog Marcos Frahm, o petista e mais seis colegas, integrantes das alas de oposição e situação, resolveram deixar o plenário antes mesmo do pronunciamento de Ademir. Foram eles: Élio Boa Sorte (PP), Adailson Mancha (PT), Jurandir Araújo (PT), Edmilson Barbosa (PTB), Edilso Brustolin (PSL) e Uelson Pereira (PRB). Apenas oito dos parlamentares permaneceram na Casa.
O vereador Nildo acredita, no entanto, que, na votação no plenário, o resultado não será diferente. ”Muita gente vem estranhando o fato de termos levantado juntos, porque realmente, nem todos são do mesmo grupo. Dentre os colegas que se retiraram da sessão, existem aqueles que antes eram da oposição e hoje são aliados do atual prefeito, que joga no mesmo time de Ademir, mas uma coisa uma coisa é uma coisa, e outra coisa é outra coisa. Essa questão de ser ou não do lado do prefeito não vem ao caso, pois a causa agora é outra. Nós estamos discutindo irregularidades, erros graves que causaram prejuízos ao município”, bradou o petista, durante contato telefônico com a redação do BMF nesta terça-feira (1). Ao concluir o seu argumento, Pirôpo lembrou a decisão da Câmara Municipal de Salvador, que rejeitou, por 32 votos a 10, as contas do ex-prefeito João Henrique Carneiro na noite de ontem. ”Temos que seguir o exemplo dos vereadores de Jiquiriçá, de Apuarema e também de Salvador, que ontem se posicionaram de forma correta e seguiram o parecer do TCM”, concluiu.
Informações: Blog Marcos Frahm

0 comentários:

Postar um comentário

Agradecemos imensamente seu comentário, pedimos que tenham cuidado com ofensas e críticas aleatórias, desde já agradecemos.

 
Início | Musa do Diário | Horário dos Ônibus | Contato
Copyright © Diário do Entroncamento
Design by Diario Publicidades | Tecnologia do Blogger *IMAGEM DO SMARTPHONE ILUSTRATIVA, MODELO E MARCA A DEFINIR.
    Facebook Google + YouTube