Paula Fernandes diz que sensualidade é algo natural em seus shows

6 de jan de 2013


Paula Fernandes diz que sensualidade é algo natural em seus shows
A cantora Paula Fernandes, 28, atração deste sábado (5) do festival Verão Jequitimar, no Guarujá (SP), acha que a sensualidade é algo natural em suas apresentações ao vivo, mas que nunca focou sua carreira nisso.

Em entrevista, por e-mail, para o "Guia", ela minimiza o tema. "As pessoas é que acabam exagerando neste aspecto", diz.
A mineira de Sete Lagoas, que desde o seu surgimento na cena musical já cantou com nomes como Almir Sater, Zé Ramalho e Michel Teló, também disse preferir não dar uma definição para sua música. "Mas a minha origem sempre foi sertaneja", afirmou.

Leia a entrevista na íntegra abaixo:

"GUIA" - Hoje já existem diversas vertentes dentro do estilo conhecido como sertanejo. Como você definiria sua música?
Eu prefiro não rotular, acho que música é tão livre que não permite rótulos. Mas minha origem sempre foi sertaneja.

Você acredita que a independência é um dos maiores trunfos de um artista? Ou há outros aspectos mais importantes para destacar na carreira?
A independência é fundamental, até porque somos criadores e temos de ter liberdade. Personalidade também é fundamental, [pois] você não pode se deixar influenciar por tendências se não for a sua praia. É como usar uma roupa em que não se sente bem, só porque está na moda!

Quais são seus planos para 2013? Ou mesmo para o futuro a médio prazo?
Em 2013, estou focada na gravação do meu DVD, o que deve acontecer no primeiro semestre. Eu faço alguns planos, mas prefiro respirar um por vez.

Você se apresenta desde a infância, mas qual seria seu maior desafio na hora de subir ao palco? E por quê?
Acho que o maior desafio de todo artista é agradar ao seu público. Estou sempre atenta aos comentários, críticas e elogios, [isso] me ajuda muito. Não encaro o palco como um desafio, encaro como uma grande realização.

Para você, é importante utilizar a sensualidade na música ou em apresentações ao vivo? Por quê?
Sensualidade é algo natural, [mas] nunca foquei minha carreira na sensualidade, e sim na música. As pessoas é que acabam exagerando neste aspecto. Quero, sim, estar bem para mim e para o público, mas a sensualidade nunca foi meu foco.

0 comentários:

Postar um comentário

Agradecemos imensamente seu comentário, pedimos que tenham cuidado com ofensas e críticas aleatórias, desde já agradecemos.

 
Início | Musa do Diário | Horário dos Ônibus | Contato
Copyright © Diário do Entroncamento
Design by Diario Publicidades | Tecnologia do Blogger *IMAGEM DO SMARTPHONE ILUSTRATIVA, MODELO E MARCA A DEFINIR.
    Facebook Google + YouTube