Jorginho rebate críticas por substituições no empate em Pituaçu

26 de nov de 2012

O ‘se’ não entra em campo, então não pode ser desculpa para os erros que acontecem. Após o empate com o Náutico, que frustrou os mais de 30 mil tricolores em Pituaçu, o treinador Jorginho preferiu utilizar a desculpa do imponderável quando questionado sobre as opções feitas por ele nos momentos de substituições da equipe. "Se eu tivesse colocado o Victor e a equipe tivesse ganho você não estaria me fazendo essa pergunta", respondeu a um repórter que questionou se a entrada do volante não tornou o time mais defensivo. E manteve a linha de discurso quando perguntado sobre o porquê de colocar Elias, que não vem rendendo, no lugar do machucado Souza.
No mais, Jorginho culpou o mal rendimento no 1º turno pela situação do Bahia e prometeu luta no próximo domingo, contra o Atlético-GO. "Temos a possibilidade de ganhar lá. Vamos ter a cabeça no lugar, juízo e treinar bem durante a semana para não perder mais nenhum jogador. Vamos lutar e vamos ganhar", disse o técnico, que perdeu o volante Fabinho, com três cartões amarelos, e ficará sem Souza, com um estiramento na coxa. Neto, que cumpriu suspensão, volta. "Essa responsabilidade é toda nossa. A torcida pode ficar tranquila. Vamos fazer sim esse resultado lá e ficar na Série A", garantiu o volante Hélder. Já Fabinho culpou a desatenção pelo gol. "Cada um tem o seu, sabe o que fazer. É só perder a concentração por dez segundos e toma o gol", afirmou, irritado. "Nós estávamos com o jogo na mão e aí houve uma desatenção. Estamos sujeitos a isso", declarou o treinador. (Correio)

0 comentários:

Postar um comentário

Agradecemos imensamente seu comentário, pedimos que tenham cuidado com ofensas e críticas aleatórias, desde já agradecemos.

 
Início | Musa do Diário | Horário dos Ônibus | Contato
Copyright © Diário do Entroncamento
Design by Diario Publicidades | Tecnologia do Blogger *IMAGEM DO SMARTPHONE ILUSTRATIVA, MODELO E MARCA A DEFINIR.
    Facebook Google + YouTube